A Literatura Brasileira na sala de aula

O hábito da leitura desenvolve o senso crítico e auxilia na escrita. Há uma necessidade de incutir nos alunos a literatura como algo natural, bom, prazeroso e que não exige muitos esforços nem dificuldades. Atualmente, além dos livros físicos, algumas obras podem ser baixadas pela internet e essa tecnologia pode ser utilizada em sala de aula, a fim de deixar a literatura mais agradável aos alunos.

Os professores da área de literatura devem colocar em prática a leitura, os comentários ou as interpretações de obras literárias nacionais que possam estimular os estudantes para o senso crítico, a sensibilidade e a capacidade de argumentar.

A literatura, seja ela brasileira ou estrangeira, vai ganhar vida nos livros. Com isso, para que os estudantes passem a ter o costume de procurar mais sobre os nossos autores e suas obras, as histórias devem ganhar vida também na sala de aula e fora dela, pois o hábito da leitura deve ser incentivado também em casa.

A melhor saída é a inovação. Não há uma fórmula mágica, mas a criatividade é fundamental para despertar nos alunos a curiosidade pela literatura brasileira. Trocar a sala de aula pelo pátio da escola ou pela biblioteca é algo diferente.

A indicação de livros de acordo com a idade também é um fator a ser analisado. Se a escola tiver jardim, distribuir livros ou trechos dele para os estudantes e incentivar uma conversa sobre a leitura realizada é, também, uma maneira de instigar a argumentação.

A professora Suzana, docente da disciplina de Língua Portuguesa, procura sempre colocar a literatura em prática trazendo para a sala de aula poemas brasileiros para serem declamados ou então, letras de músicas para que depois, os alunos façam uma relação entre a música e poesia.

Trabalhar os estilos de linguagem e as formas de apresentação das poesias, bem como propor projetos de literatura como exposições de livros, frases que os alunos leram e consideraram mais importantes, capítulos mais interessantes, apresentação de peças com roteiros escritos pelos próprios estudantes são formas de transformar a disciplina em algo menos denso e mais divertido, além de facilitar a compreensão.

A literatura brasileira é rica em história, muitos livros são relatos não fictícios e há muito que se aprender. Outros são pura emoção e diversão. Ensinar e aprender literatura pode ser muito mais prazeroso do que pensamos! 

Deixe uma resposta

Fechar Menu