Arqueologia: uma aventura no passado

A arqueologia é uma ciência social, responsável pelo estudo de antigas sociedades, modos de vida e culturas que deixaram somente seus vestígios materiais. Este estudo é feito de maneira minuciosa a partir de fósseis, objetos como lanças, vasos, papéis e até mesmo estruturas grandiosas, como é o caso, por exemplo, do teatro romano de Alexandria. Há diferentes perspectivas sobre a definição exata da ciência arqueologia. Enquanto os arqueólogos mais antigos a definem como um estudo, feito de forma sistemática, sobre os vestígios materiais de culturas desaparecidas, os mais novos preferem defini-la como uma forma de reconstruir a vida desses povos.

Independentemente da perspectiva pela qual é olhado, o estudo é feito a partir de escavações, prospecções e posterior análise de todos os materiais coletados em um local. Grande parte das vezes, há o auxílio de outras ciências e áreas do conhecimento, como antropologia, história, física, geografia, paleontologia, etc para uma investigação mais detalhada e próxima da realidade. Ademais, com o objetivo de reconstruir o passado humano da forma mais exata possível, as contribuições da arqueologia evidentemente perpassam sobre outras áreas do conhecimento, principalmente na história e antropologia. Os estudos feitos podem vir a determinar como algumas sociedades se organizavam, mantinham sua rotina comercial, política ou doméstica, além de contribuir para uma melhor compreensão das modificações feitas por seres humanos no espaço geográfico e como essas modificações eventualmente se transformaram, e deram origem a novas organizações. Há locais denominados sítios arqueológicos, que se tratam de espaços em que são realizados os estudos de arqueologia e preservam várias informações acerca de sociedades antigas. Por este motivo, muitas vezes são considerados patrimônios, sendo necessários cuidados com a região para a preservação da história humana. Não se deve confundir a arqueologia com a paleontologia, sendo esta última o estudo da geologia de tempos passados do planeta Terra, os quais antecediam a história humana. Portanto, a paleontologia não trata de antigas civilizações.

Para além das contribuições acadêmicas, a ciência social arqueológica é responsável por trazer aos momentos atuais as informações referentes aos seres humanos em suas constituições mais antigas. Também possui grande importância para grupos presentes na sociedade, muitas vezes marginalizados, que pretendem descobrir mais sobre sua história e antepassados. O estudo possui grande contribuição e significância social, ao trazer benefícios a partir de, não apenas informações, mas projetos que fomentem o senso de humanidade e respeito as diferenças dentro de uma sociedade.

Se você deseja aprender muito mais e busca por informações e educação de qualidade, conheça o Colégio Bastos Maia, que desde 1987 promove ensino de alta qualidade. Confira mais no site http://www.bastosmaia.com.br/.

Deixe uma resposta

Fechar Menu