Educação colaborativa

Você já parou para pensar como seria o nosso mundo sem a Colaboração e a Cooperação?

A nossa essência é cooperativa.

A Colaboração e a Cooperação, longe de serem uma utopia, estão no centro de nossas atividades mais inovadoras e, portanto, devem estar nas escolas.

Com a velocidade das informações e a dinâmica de mudanças que vivemos, a comunicação evoluiu de um conceito mais passivo e receptivo para um novo conceito, mais colaborativo e participativo. Nessa nova visão, a pessoa que interage não é um mero receptor de informações, mas um produtor de conteúdo e colaborador tornando o modelo colaborativo cada vez mais presente.

A hierarquia é substituída pelo diálogo, os processos são substituídos pelos valores. A tomada de decisão, e conhecimento são compartilhados. Neste modelo estamos em rede, todos somos protagonistas, somos coautores, e, portanto, corresponsáveis.

Com a consciência de que a vida flui em rede, o Colégio Bastos Maia já começou a adotar modelos colaborativos guiados pelo bom senso do coletivo e do compartilhamento.

A cada dia, aumenta o reconhecimento de que o que mais importa para nós vem de relacionamentos e para que esses vínculos se estabeleçam, precisamos trocar o domínio da competição e do medo por ambientes e processos de cooperação e confiança.

O sucesso depende da nossa capacidade para solução de problemas complexos e a ciência já comprovou que isso somente será possível mediante cooperação (onde todos ganham), e não competição (um ganha, outro perde).

Uma escola colaborativa basicamente consiste em engajar o seu time com pais e alunos, fazendo com que eles tenham voz ativa e sejam capazes de ampliar a gestão do conhecimento e incentivar a aprendizagem social.

Desenvolver comportamentos colaborativos, compartilhar e incentivar o desenvolvimento de ideias, tomar decisões colaborativas e construir projetos colaborativos são competências necessárias ao líder do amanhã. Este tipo de liderança está se tornando cada vez mais importante, mas não podemos forçar a colaboração, mas podemos esperá-la. As habilidades necessárias estão postas e trabalhamos para desenvolve-las.

Deixe uma resposta

Fechar Menu