Fique de olho no peso da mochila do seu filho

Com a volta às aulas, a compra de materiais escolares aumenta. Junto com os materiais, muitas vezes são adquiridas mochilas e as crianças têm preferência por mochilas que chamem atenção, como aquelas coloridas e grandes. No entanto, o peso dos cadernos, livros, estojos e pastas que vão nas costas das crianças não é considerado nem por ela, nem por seus pais. Segundo a OMS, cerca de 85% da população tem ou terá problemas na coluna, e os filhos que carregam peso desde pequenos não ficarão de fora da estatística. Além de tudo, o peso nas costas de uma criança irá prejudicar seu crescimento e desenvolvimento, pois seu esqueleto ainda está em formação. O correto é que a carga máxima a ser carregada por ela seja de 5% de seu próprio peso.

Para piorar, algumas pessoas têm o costume de levar a mochila em um único ombro, prejudicando mais ainda a coluna, uma vez que dessa forma o peso não fica distribuído. Os problemas que o excesso de peso nas mochilas pode causar são muitos, vão de complicações nos tendões, músculos e até nos ossos. Fique atento em como seus filhos regulam a mochila nas costas. Alguns as deixam muito baixas enquanto outros as deixam muito altas, o que também contribui para os problemas de coluna, que em alguns casos fazem com que a criança tenha que usar colete. Quando carregada nas costas, o ideal é que a mochila fique regulada 10 cm abaixo do umbigo da pessoa.  Alguns cadernos e livros precisam ser levados todos os dias para a escola, e grande parte delas não disponibilizam armários.

Para diminuir o peso sempre confira a mochila e verifique se tudo que está dentro dela é realmente necessário para aquele dia de aula. Caso todos os materiais sejam necessários, o ideal é distribuir o peso. Parte dos materiais deve ser colocada na mochila, enquanto a outra parte pode ser carregada na mão. A mochila de rodinhas pode ser uma alternativa para estas situações. Outra forma de fortalecer a coluna é praticando esportes. Natação, vôlei, basquete e futebol fortalecem os músculos, além de corrigir a postura.

Deixe uma resposta

Fechar Menu