O que é TDAH (Transtorno de Deficit de Atenção com Hiperatividade)?

O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade, também conhecido como TDAH é uma doença causada por uma disfunção neurológica e pode ter origem hereditária. Reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é também chamado de Distúrbio do Déficit de Atenção (DDA).

Essa doença só é considerada um transtorno quando se torna um problema no desenvolvimento social e escolar do portador. O TDAH se manifesta principalmente na infância ou adolescência, por meio de sintomas como falta de atenção, impulsividade, agitação e inquietação, e perdura pela vida adulta. A doença não tem cura, mas quando diagnosticada corretamente, pode ser tratada com eficácia. Em certos países, pessoas com o transtorno podem receber tratamento distinto na escola, um direito assegurado por lei.

Vida escolar

Na maioria das vezes crianças e adolescentes portadores de TDAH apresentam grandes dificuldades na escola, por se distraírem facilmente e se mostrarem agitados e até bagunceiros. Além de prejudicar o desempenho escolar, a condição dos portadores atrapalha o convívio com os demais alunos. Crianças que sofrem com esse tipo de situação em sala de aula muitas vezes nem sabem que possuem o transtorno. Na maioria das vezes elas não conseguem obedecer alguns limites e regras, e não se adequam bem às escolas cujo sistema de ensino é muito tradicional e pouco dinâmico.

Dicas

Para auxiliar os portadores do TDAH na vida escolar, algumas estratégias são muito eficientes para manter a criança interessada, auxiliando no seu desenvolvimento:

• Sempre elogiar o aluno e destacar os pontos positivos do seu desempenho nas tarefas. Deve haver sempre o apoio e estímulo imediato após um bom resultado.

• Não frisar os erros ou falhas no desempenho, especialmente em público.

• Oferecer atividades diferenciadas, como trabalhos em equipe, ditados e tarefas orais.

• Sempre que possível, incrementar as atividades em sala com revistas, jornais, vídeos e música.

• Utilizar lembretes, tabelas com prazos e etiquetas como ferramentas de auxílio memorial. Grifar, destacar e colorir as partes relevantes dos assuntos e das atividades pode ser de grande ajuda.

• Manter o aluno próximo ao professor, de preferência na frente, longe das portas e das janelas, ajuda a manter a atenção.

Escolher a escola que mais combina com a criança portadora de TDAH é o primeiro passo para um bom desenvolvimento escolar

O Colégio Bastos Maia fornece um ensino diferenciado e de qualidade desde 1987, e inclui os pais no processo de aprendizagem dos pequenos.

Entre seus diferenciais, o colégio possui recreação aquática, esportes e eventos familiares, além de convênios com transporte escolar e ambiente agradável.

Visite o site www.bastosmaia.com.br e agende uma visita.

Este post tem 2 comentários

  1. Meu filho sofre se encaixa nesse perfil de TDAH, e estou tendo problemas na escola.
    A escola acha que faz tudo certinho​ e que o problema é em casa. Eu sei que o problema é com o jeito com que os professores o estão tratando.
    O que fazer?

    1. Procure ajuda de um profissional, um psicopedagogo fará um diagnóstico e os ajudará a transpor as barreiras educacionais e de socialização.

Deixe uma resposta

Fechar Menu