Quem foi Carl Friedrich Gauss

Não é por mera bajulação que o físico, astrônomo e matemático Carl Friedrich Gauss é conhecido como “Príncipe dos Matemáticos”. Para compreender o quão grandioso ele foi, é necessário voltar na história e saber mais sobre os primeiros anos da sua vida, já marcados por muita genialidade. O ano de nascimento de Gauss é 1777, na cidade de Brunswick, Alemanha. Nasceu em uma família bastante humilde, seu pai era pedreiro e sua mãe dona de casa.

Uma das histórias mais conhecidas de Gauss foi quando, com apenas três anos de idade, estava acompanhando os cálculos que o pai fazia para pagar o salário dos operários e identificou um erro nas somas. Ao refazer as contas o pai de Gauss percebeu que o menino tão pequenino estava certo. As peripécias relacionadas ao conhecimento precoce de Gauss não param aqui, antes mesmo de começar sua vida escolar já sabia ler e fazer cálculos. Outro feito inusitado para uma criança da escola primária foi o fato de Gauss conseguir resolver em poucos minutos a soma de todos os números correspondentes entre 1 e 100. Conforme o raciocínio do pequeno gênio, a soma de todos os pares 1+100, 3+98, 49+52, 50+51 chegava ao número 101, portanto, para chegar ao resultado final era só fazer 50×101, que resulta em 5050. O raciocínio estava correto e, ao acaso, Gauss utilizou a propriedade da simetria das progressões aritméticas.

No auge dos seus 19 anos, conseguiu dar origem com régua e compasso, conforme as regras euclidianas, a um polígono regular com 17 lados. Até então se conhecia as construções do triângulo equilátero e do pentágono regular, mas todos com número de lados múltiplo de 2, 3 e 5, o de Gauss possuía número primo de lados. Em 1801, quando Gauss tinha 24 anos, lançou um artigo importantíssimo para a astronomia sobre a “redescoberta” do asteroide Ceres. Este astro tinha sido descoberto em 1800 pelo astrônomo italiano Giuseppe Piazzi. Porém, não foi possível registrar informações suficientes e claras a respeito da órbita do asteroide e também o período em ele reapareceria, pois o Ceres desapareceu atrás do sol. Embora diversos pesquisadores tenham trabalhado incessantemente para localizar o asteróide, o feito de reencontrá-lo foi de Gauss. Para isso ele criou um método de tratamento para equívocos em observações que é conhecido como Método dos Mínimos Quadrados, o qual é ainda usado atualmente devido à sua eficiência e facilidade.

Ao longo das últimas décadas da vida de Gauss, entre 1821 a 1848, ele atuou como conselheiro científico em Hannover e na Dinamarca, trabalhando com estudos minuciosos de geodésia, ciência que integra a determinação da forma, do campo de gravidade e das dimensões da Terra. A importância de Carl Friedrich Gauss para a física, astronomia e matemática é indiscutível e permanecerá muito presente ao longo dos próximos séculos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu