A importância de um hobby na infância

Ter um hobby na infância é importante por diversos motivos, mas o principal deles é que nessa fase estamos começando a compreender o mundo e desenvolver fisicamente nosso cérebro e organismo. Praticar atividades físicas e cerebrais ajuda bastante no desenvolvimento, tornando a criança de hoje o adulto competente de amanhã.

Os hobbies mais comuns

Costuma-se dizer que o hobby não é algo que se faz para ganhar dinheiro, e que para ser bem-sucedido na vida, é preciso escolher uma profissão que dê bom retorno financeiro, não importando se existesse vocação ou não. Porém não devemos pensar assim e nem ensinar isso às crianças. Por que um músico não pode ter como hobby a sua profissão e, ainda assim ganhar mais do que se tivesse se dedicado a outras carreiras?

Já que começamos por ela, então vamos falar sobre música. A música tem sido um dos hobbies mais conhecidos, já que a maioria das pessoas gosta de tocar algum instrumento musical, cantar ou dançar. Uma criança que tem como hobby uma dessas atividades está propensa a ter mais desenvoltura que as que não praticam essas atividades, seja na hora de se movimentar ou ativar a memória. Artes marciais também ajudam a criança a compreender melhor seu corpo e respeitar hierarquias, além de deixá-las mais ágeis e confiantes. Colecionar algo pode ensinar organização. Algumas crianças gostam de brinquedos, como carrinhos e bonecas, outras de figurinha do desenho preferido, seja qual for o objeto da coleção é preciso ter cuidados especiais. Alguns adolescentes têm prazer em fotografar, uma ação que traz a liberdade de expressão e permite enxergar o mundo através de outra visão, que não a comum a todos. Mesmo com a febre de selfies, alguns ainda levam como hobby fotografar monumentos, obras de artes, momentos únicos e tudo o que chama a atenção.

É possível ganhar dinheiro com isso?

Mesmo que sua resposta tenha sido espontânea ao dizer que não, é melhor repensar. Pessoas que admiramos pelo esforço e talento começaram levando suas profissões como um hobby. Pense nos inúmeros Master Chefs televisionados que fazem sucesso ou nos esportistas que estão nas Olimpíadas ou Copa do Mundo e, até mesmo no seu artista predileto, seja atuando ou cantando. Todos esses começaram a praticar uma atividade por prazer e descobriram seus talentos por um acaso. Incentive as crianças a praticarem hobbies e desenvolverem talentos. Os resultados podem ser espantosos para elas e também para a sociedade como um todo!

Deixe uma resposta

Fechar Menu