Apresentação oral de trabalhos

Falar em público, para algumas pessoas, é sinônimo de pavor. A ansiedade dificulta a fala, fazendo com que a pessoa trave, sem saber o que dizer. As mãos transpiram, o coração acelera, o corpo treme e a voz não sai ou sai muito embargada, fora a sensação de que se esqueceu de tudo o que ia falar.

Nas escolas a situação é comum, para apresentar grandes trabalhos dignos de um dez, o locutor precisa estar ciente de que terá que aproveitar ao máximo todos os recursos que possui e, principalmente, deixar de lado a timidez. Por medo de errar e ser alvo de piadinhas ou de serem corrigidos em público, alguns alunos preferem fugir dessas apresentações.

Muitas pessoas possuem grandes problemas para falar em público, uma das dicas mais recomendadas é para que quem for apresentar procure um ponto acima do público e foque nele, assim apresentará um olhar reto passando a impressão de olhar para as pessoas quando na verdade está olhando “para o nada”. E, ao perder esta noção de quantidade de ouvintes, o locutor passa a se tranquilizar imaginando-se num local vazio.

Quando possível, escolher um tema de seu interesse é uma das maneiras de driblar esse medo. Falar sobre o que se gosta é mais entusiasmante e capaz de envolver os outros naquele assunto. Utilizar de meios como o quadro ou apresentações com power point são artifícios para não se perder na apresentação. Outra maneira é, na preparação do trabalho, escrever um roteiro e inserir nele o tempo que terá para a apresentação.

Pesquisar o conteúdo, filtrar o excesso e praticar bastante antes do discurso é imprescindível para conseguir articular bem o conteúdo. Praticar não é decorar. Deve-se estar preparado para o inesperado, ou seja, dúvidas e questionamentos, por isso a importância da pesquisa e estudo do tema.

Outro fator importante é a dinâmica do discurso. Não há nada mais desestimulante que um discurso sem graça, em que, nem o próprio orador está empolgado com o assunto. É preciso tornar a apresentação atrativa, com conteúdo enriquecido, fotos, slides, música ou algo que prenda a atenção da plateia.

É muito importante a preparação do discurso, pois dificilmente um trabalho bem articulado será rejeitado. Expressar-se bem é importante para conquistar a simpatia das pessoas que assistem. É, talvez, o fator que defina o sucesso do apresentador, pois quanto mais se torna atrativo, mais pessoas vão parar para prestar atenção.

Deixe uma resposta

Fechar Menu